CAPEX - Engenharia
INVESTIMENTOS QUE
PERDURAM NO TEMPO
  • INVESTIMENTOS QUE PERDURAM NO TEMPO

    SOLUÇÕES

    COM GARANTIA
    E FUNCIONALIDADE

Sistemas - Coberturas

A CAPEX – ENGENHARIA é especialista na execução de coberturas planas, recorrendo aos melhores materiais e soluções, tendo como objetivo proporcionar soluções com garantia e funcionalidade.
Dentro dos esquemas construtivos que aplicamos, destacaríamos as COBERTURAS INVERTIDAS, as COBERTURAS DECK, e as COBERTURAS VERDES.

Coberturas Invertidas
COBERTURAS INVERTIDAS
A designação “ cobertura invertida” surge da inversão da posição do isolamento térmico, relativamente á impermeabilização no revestimento de coberturas planas.
Contrariamente aos sistemas tradicionais, o isolamento térmico é aplicado sobre a impermeabilização.
Com esta solução é possível proteger a impermeabilização das agressões mecânicas e das variações bruscas de temperatura, aumentando assim a longevidade do sistema.
Esta solução passou a ser possível, quando surgiram materiais inovadores, que mantêm as excelentes qualidades como isolantes térmicos, mesmo em contacto com água, como é o caso do poliestireno extrudido (XPS).

O sistema impermeabilizante, deverá ser aplicada sobre suportes devidamente limpos e regularizados.
Nas zonas de aderência será aplicado o primário a pincel ou rolo e o seu consumo depende muito do tipo do suporte base e do material que o constitui.
Em superfícies horizontais os rolos devem ser desenrolados sem ficarem sujeitos a tensões, e alinhados sobre o suporte de modo a que a largura de sobreposição dos mesmos nas juntas longitudinais e transversais não seja inferior a mais ou menos 8 cm.
As membranas, preferencialmente e sempre que possível devem ser aplicadas em contrapendente.
A ligação entre membranas faz-se ao longo das juntas de sobreposição em toda a sua largura, por soldadura por meio de chama de maçarico.
As juntas da camada superior do sistema, devem ficar desencontradas na maioria da área em relação às juntas da camada inferior.
Nos sistemas bicapa a ligação entre membranas da primeira e da segunda camada é feita longitudinais e transversais não seja inferior a mais ou menos 0,08m.
Após a aplicação do sistema impermeabilizante, poderá ser aplicado o isolamento térmico constituído por placas de poliestireno extrudido (XPS).
Sobre este isolamento térmico, será aplicado uma protecção pesada constituída por uma camada de seixo rolado com 0,05m de espessura, separada deste por uma manta geotêxtil.
Em coberturas com maior acessibilidade, poderão ser aplicadas em substituição do seixo rolado, lajetas de betão com isolamento térmico incorporado ou sobre apoios.

Coberturas Deck
COBERTURAS DECK
As coberturas em chapa metálica têm tido um crescimento bastante significativo em Portugal nos últimos anos, nomeadamente ao nível das grandes áreas de construção como são os casos das grandes superfícies comerciais – hipermercados e grandes áreas industriais.
Normalmente neste tipo de situações, as soluções construtivas adotadas pretendem rapidez na construção e o aligeiramento estrutural, pelo que se recorre normalmente a estruturas mistas de betão pré-fabricado e estruturas metálicas.
Tome-se como exemplo a construção de uma grande superfície comercial – hipermercado em que o fator crítico principal é a rapidez de execução e em que invariavelmente se adotam este tipo de estruturas.
Relativamente às mesmas estruturas, as mesmas desempenham um papel fundamental no futuro funcionamento deste tipo de construção porquanto se pretende uma instalação rápida e com níveis de desempenho futuros ao nível da impermeabilização, e isolamento térmico e acústico bastante elevado.
A adoção do chamado sistema DECK vem dar uma resposta cabal a este tipo de solicitações, sendo neste momento um sistema largamente divulgado e adotado.
É vulgarmente designado por sistema DECK, o sistema de cobertura constituído por uma chapa metálica perfilada, com espessuras que poderão normalmente variar entre 0.7 a 1 mm, chapa essa que é fixada mecanicamente a madres metálicas ou de betão pré-fabricado.
Sobre a chapa metálica são fixados mecanicamente painéis de isolamento térmico em lã de rocha de alta densidade, sobre os quais é executado um sistema de impermeabilização.
Trata-se de um sistema contínuo, sem juntas, que garante uma perfeita estanqueidade e a anulação das pontes térmicas, garantindo também reduções substanciais aos níveis de ruído.
Por outro lado estamos em presença de coberturas de fraca inclinação -< 6% pelo que a acessibilidade durante e após a conclusão da obra é francamente boa e segura, permitindo efetuar manutenções, reparações e ampliações futuras sem que desse facto resultem danos para o sistema e tudo isto garantindo elevados níveis de segurança das equipas de trabalho.
Tratam-se em suma de coberturas com níveis de manutenção reduzidos e níveis de durabilidade elevados.
Um dos fatores mais importantes na conceção e funcionamento do sistema DECK é o sistema de impermeabilização e isolamento térmico, no sentido de garantir estanqueidade ao sistema assim como níveis de isolamento térmico elevados que resultam em poupança energética, nomeadamente ao nível do condicionamento das temperaturas no interior.
Dos materiais que constituem o sistema de impermeabilização, destacamos as membranas betuminosas de betume modificado com APP, que devido às suas características reúnem os requisitos críticos neste tipo de sistemas como a resistência a temperaturas elevadas e a resistência aos raios ultravioletas. Estes fatores são determinantes para a durabilidade do sistema de impermeabilização.
Poderão em alternativa ás telas betuminosas acima referidas, ser utilizadas telas de PVC com armadura de poliéster, de forma a garantir uma correta fixação mecânica.
Relativamente ao isolamento térmico, destacamos os materiais de lã de rocha de alta densidade, que apresentam fraca condutibilidade térmica e são não combustíveis da classe M0. Estes materiais são de rápida e fácil aplicação contribuindo ainda para um eficaz isolamento acústico.

Coberturas Verdes
COBERTURAS VERDES
As coberturas verdes contribuem para a sustentabilidade ecológica do ambiente urbano. São constituídas por um sistema impermeabilizante, que permite a plantação e crescimento de plantas e flores sobre uma laje convencional. Este é um sistema integrado por várias camadas sobrepostas, para assegurar uma correta impermeabilização e drenagem da cobertura, garantindo a integridade dos materiais de construção, e a preservação da vida do reino botânico que acolhe.
A vegetação adequada para as coberturas verdes, é escolhida em função das condições climáticas próprias de cada cidade, e das características físicas do edifício. Em geral, ainda que se concebam coberturas verdes com vegetação caduca ou perene, consideram-se ideais aquelas espécies cuja altura é baixa, que crescem e se expandem com rapidez, com alta resistência à seca e carentes de necessidades especiais de irrigação ou nutrição.

Como vantagens para o meio-ambiente, as COBERTURAS VERDES, podem proporcionar:
1. Redução do efeito “albedo” ou efeito ilha de calor urbano, fenómeno responsável pelo incremento de temperatura dentro do perímetro de uma cidade devido ao aquecimento que produzem os gases de veículos e aparelhos de ar-condicionado, assim como pela energia solar absorvida pelas superfícies urbanas, depois irradiada à atmosfera como calor.
2. Melhoria da qualidade do ar na cidade devido à capacidade das plantas e árvores para absorver as emissões de CO2.
3. Redução da incidência de ventos.
4. Filtram o ar, absorvendo partículas de pó até 85%.
5. Provocam uma redução das águas pluviais até 70%, e consequente redução da pressão nos esgotos da cidade.
6. Proporcionam espaços agradáveis à vista, com possibilidade de uso para lazer, a nível público (jardim ou parque urbano), ou para os vizinhos de um imóvel, ou para os trabalhadores de uma empresa.
7. Aumenta os espaços de habitat para pássaros e borboletas.

Relativamente às vantagens para o edifício, podemos enunciar:
1. Aumento da longevidade da cobertura (estimativa de 40 anos contra os 10/15 das coberturas planas tradicionais)
2. Aumento da eficiência energética nos edifícios pelas suas propriedades isolantes, reduzindo assim os custos de aquecimento e refrigeração sem necessitar de isolamento térmico (ROOFMATE).
3. Melhoria da acústica do edifício.

Mais informações AQUI.

Descarregue aqui
a nossa apresentação

Pode descarregar abaixo a nossa apresentação em formato .pdf para poder ler mais tarde.

Download Apresentação CAPEX 2013 DOWNLOAD
Apresentação Capex 2013
   
Download Apresentação CAPEX 2016 DOWNLOAD
Apresentação Capex 2016
   
Download Apresentação CAPEX 2017 DOWNLOAD
Apresentação Capex 2017

Contactos

Sede:
Rua Rogério Reynaud, 25 R/C B
3080-251 Figueira da Foz
Tlm: +351 915 855 025
Email: capex@capex.pt

Escritório (Norte):
Alameda da Empresa, nº 64
Candal Park – Fração AL-09
4400-133 Vila Nova de Gaia
Tlm: +351 911 049 737

Escritório (Sul):
Rua Conde da Ribeira Grande, Lote 2,
Módulo 25
Zona Industrial de Santarém
2005-002 Santarém
Tlm: +351 915 859 904
INCI - Instituto de Construção e do Imobiliário
Alvará
INCI 68966
Capex Engenharia
Tlm: +351 915 855 025 / +351 911 049 737 / +351 915 859 904
Email: capex@capex.pt
Siga-nos no Facebook